quinta-feira, 23 de julho de 2009

Na verdade, dentro dos meus sonhos,
nós dois nos amamos
tanto quanto temos sonhado amar.
Lá, existe sempre uma música que toca
e nos inspira a dançar
e dos nossos beijos
o amor torna-se algo quase palpável

Então, não sinto mais medo
de ter entendido tudo errado
e de ter construído demais durante as noites insones
ou durante as noites em que apenas sonhei.

Enfim, o maior acontecimento nos meus sonhos
é o dia em que
afinal
a vida deixa de acontecer em sonhos.

2 comentários:

Jéssica V. Amâncio disse...

ahh com certezaaa...quando a vida deixa de acontecer em sonhos é o que a gente mais deseja né?!
bonitas palavras :)

Honório Félix disse...

É quando a vida se torna uma coisa mais com pele. É lindo.