quinta-feira, 9 de setembro de 2010

E além!

Então, de súbito, ao encarar o universo se expandindo em frente aos meus olhos, gritei: te amo! E ecoei te amo... te amo... te amo... cada partícula de cada poeira cósmica respondeu te amo! E pude ver, instantânea, o amor crescendo em progressão geométrica: galáxias, estrelas explodindo EU TE AMO! Buracos negros se condensando em linhas e linhas de eu te amos magnéticos...
Ao infinito e além!

Um comentário:

Victória Resende disse...

Que toda galáxia responda "eu te amo" e que tudo seja pra sempre amor.
Lindo blog, a partir de hoje, estarei acompanhando.