quinta-feira, 20 de agosto de 2009

às vezes, acordo pensando que o dia lá fora acompanha o meu coração: se me sinto bem, se me sinto feliz, o sol descobre-se e tudo brilha, dentro e fora de mim. Mas nos dias em que sinto o coração choroso, os olhos inchados das lágrimas, parece-me que essas lágrimas se hiperbolizam e a tempestade lá fora é inevitável!
Logo após pensar isso, digo a mim mesma: 'Ora, sua prepotente! Você é tão pequena e não há como o mundo te acompanhar. Ponha-se no seu lugar: afinal, você sente-se apenas um espelho do que acontece lá de cima do céu.'
E, se for isso, tenho esperado por muitos outros dias de sol.

2 comentários:

Helen disse...

às vezes chove lá fora e dentro de mim também. mas nada como um dia após o outro... :D

Beijos!

e obrigada pela visita, voltarei aqui sempre.

Mariana Andrade. disse...

eu esperaria, se fizesse sempre sol...

lindo blog. também vou carnavalizar.
passa no meu depois, ok?
bjos ;*