sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

E então, quando eu estiver bem longe,
não vou nem querer mais delinear os borrões de quem eu fui.
Quero ser outro alguém.

Um comentário:

flávia ruas disse...

Eu penso tanto assim. É sempre momentâneo, mas costuma voltar vez em quando.
Seu blog tá cada vez melhor, e mesmo que eu não comente sempre, eu leio quase todos os textos. As vezes eu tenho esses 'ataques' de inspiração, mas quase nunca posto, eu sempre deixo nos rascunhos.. Queria ter certa coragem pra postá-los também.
Posso pegar uns pedaços deles pra colocar em orkut, coisas assim?
Como já tá um pouco pra trás, só queria comentar: adoreeeei o texto "Problema Ambiental".
beijo