domingo, 4 de maio de 2008

O chão (não) amparou

O prato caiu!
O chão amparou.
O Gato caiu!
O chão amparou.
O cabelo caiu...
O chão amparou!

Tudo, tudo no mundo que cai
o chão amparou

Mas teve um dia
Você foi embora
meu mundo caiu
o chão afundou,
desapareceu
virou abismo
Não acho mais um chão
só queda
só queda.

3 comentários:

flávia. disse...

gostei! e tem situações que são iguais essas mesmo. mas o chão se reconstrói sozinho, é só uma questão de tempo! ;)
;*

thiago disse...

isso me faz lembrar meus péssimos momentos a 2 anos atrás... sei bem como é isso.

Gabri Ela ♥ disse...

' meenina.
que texto maravilhoso, e muito³ real.
Foi exatamente assim que me senti um dia,
sem o meu chão.
o que não pode acontecer é ficar parada no mesmo lugar esperando que o chão volte a te amparar, prq conforme você vai 'caminhando'.. novo chãos, mais firmes vão aparecendo :)
amei o post.
Beeijo :*