quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Fui escrever um samba
pelos nossos bons tempos
a caneta sambou
e rabiscou o papel:
perdi o jeito, endureci as pe(r)nas!
Vem de longe pra me ensinar
como é que se faz?
Como é que se faz?

2 comentários:

Película Protetora disse...

deixa a caneta (e o corpo) livres que o samba sai :)

Mathias Magalhães disse...

Eu sempre fico extasiado com os seus textos.

E algo que realmente me toca.
E que me faz realmente não me sentir só.

Sua palavra tem poder menina.

Gostaria de em algum dia poder escrever junto com você.

Tenha um ótimo dia.

Mathias Magalhães