sexta-feira, 24 de abril de 2009

Que eu tenho eu lírico, sei que tenho. Mas não sei onde ele se esconde, nos dias assim como hoje, em que o sol não saiu, mas também não choveu. Você não passou por mim e eu mal passei. O bife na geladeira não fritou, porque ninguém sequer se dispôs a comê-lo. O sorriso quase sorriu ao mesmo tempo em que uma lágrima quase caiu, mas sem querer estacaram-se ambos, e um rosto ficou mudo. Em dias como hoje, em que eu poderia cantar tantas coisas, apenas espero, espero até que alguém se defina um pouco mais para eu então voltar a cantarolar.

Um comentário:

gato preto disse...

adorei, mesmo, ambos, o de cima e esse aqui.

Não sei mas, é engraçado daonde vem a inspiração né?
Não sei se acertei mas os dois textos são frutos de uma primeira experiência de hoje, não?
ps:o de cima ficou realmente bonito.
pps:apareceu o michel hoje no provocações, na cultura *-*
Gostei muito.
Viva a inspiração do dia!
Beijo!